Juíza nega prorrogação de prisões de alvos da Operação Torrentes

Juíza nega prorrogação de prisões de alvos da Operação Torrentes

Juíza nega prorrogação de prisões de alvos da Operação Torrentes
A Justiça Federal negou, na última segunda-feira (13), o pedido de prorrogação da prisão temporária dos alvos investigados na Operação Torrentes, deflagrada na última quinta-feira (9), pela Polícia Federal (PF) com a Controladoria-Geral da União (CGU). A investigação apura supostas fraudes em contratos de assistência às vítimas das enchentes na Mata Sul do Estado. 

A decisão da juíza Carolina Souza Malta é válida para todos os alvos da Operação Torrentes - que ficam sem restrições à liberdade. Com isso, devem ser liberados nesta terça-feira (14) os coronéis Fábio Alcântara Rosendo (secretário-executivo de Defesa Civil), e Roberto Gomes de Melo Filho, coordenador administrativo da Casa Militar em 2010. 

Além disso, a prisão domiciliar do tenente-coronel Laurinalo Félix do Nascimento, que está de licença médica, também chega ao fim. Ele estava sendo monitorado por meio de tornozeleira eletrônica.

O investigado Waldemir Araújo, preso temporariamente por decisão do Juízo da 36ª Vara Federal da Seção Judiciária de Pernambuco (SJPE), teve habeas corpus concedido, na última sexta-feira (11). Segundo o Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), isso se deu uma vez que a evidência gravada obtida não foi suficiente para interferir nas investigações. 

Diário Oficial
O Diário Oficial de Pernambuco traz mudanças na estrutura do Governo. O tenente-coronel Luiz Augusto de Oliveira França foi designado para responder pelo expediente da Secretaria Executiva de Defesa Civil, da Casa Militar. Ele entra no lugar de Fábio Alcântara Rosendo, um dos investigados na Operação Torrentes.

Redação

Redação

Ver posts deste autor

http://www.semmeiaspalavras.com.br

Selfies labore, leggings cupidatat sunt taxidermy umami fanny pack typewriter hoodie art party voluptate. Listicle meditation paleo, drinking vinegar sint direct trade.

Comente com o facebook